Santo Antônio da Platina / PR33º21º23 de Junho de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 21/06/2018

Edição ImpressaEdição 3623

Ler Jornal
MADRI

Goiaba de Carlópolis é destaque em feira na Espanha

Comentar
Compartilhar
25 OUT 2017Por Da Assessoria Sebrae19h36

Pela primeira vez, a goiaba de Carlópolis foi apresentada ao mercado internacional. Amostras das frutas, que possuem o selo de Indicação Geográfica, do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), foram destaque no Pavilhão Brasil durante a Fruit Attraction 2017, realizada em Madri, na Espanha. A feira, que é uma das principais portas de entrada de frutas e vegetais para o mercado europeu, ocorreu entre os dias 18 e 20 de outubro. Participaram do evento o presidente da Associação dos Olericultores e Fruticultores de Carlópolis (APC), Rodrigo da Silva Viana, e o consultor do Sebrae/PR Odemir Capello.

Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a Fruit Attraction reuniu mais de 1,5 mil empresas expositoras e 60 mil profissionais de 110 países em um dos eventos de negócios internacionais mais efetivos da indústria hortofrutícola. A Missão Comercial à Espanha teve o apoio do Mapa, Ministério das Relações Exteriores (MRE), Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e da Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frutas e Derivados (ABRAFRUTAS).

O consultor do Sebrae/PR Odemir Capello afirmou que a goiaba é uma fruta pouco conhecida na Europa e, por isso, vista como exótica. Segundo ele, o produto teve uma receptividade excelente e a participação na feira superou as expectativas. “Fizemos contato com mais de 30 compradores internacionais. Isso mostrou o grande potencial de exportação da goiaba de Carlópolis”, contou. Para Capello, o evento foi muito estratégico, especialmente porque o Sebrae/PR, com o apoio de diversos parceiros, trabalha para desenvolver o Norte Pioneiro a partir do setor de alimentos. “Fizemos contato com compradores brasileiros interessados na goiaba produzida aqui na região e em outras frutas também”, completou.

O presidente da APC, Rodrigo da Silva Viana, disse que esta foi a sua primeira viagem internacional com o objetivo de fazer novos contatos e estreitar relacionamentos com possíveis compradores da goiaba de Carlópolis. “É um mercado difícil de entrar, mas muito lucrativo”, ponderou. Segundo ele, os produtores do Norte Pioneiro estão no caminho certo. “Estamos buscando a certificação Global Gap, fundamental para a exportação. Em novembro, será feita a auditoria do packing house da associação”, adiantou. A intenção da APC é conquistar a certificação coletiva do barracão para o armazenamento das frutas e para dez propriedades. Para a próxima segunda-feira, dia 30, está programada uma apresentação dos resultados da participação da APC na Fruit Attraction aos produtores.

Durante a feira, os representantes de Carlópolis receberam a visita do secretário Executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Eumar Roberto Novacki, que fez questão de ser fotografado com a goiaba produzida no Norte Pioneiro. Brasileiros que moram há muitos anos na Espanha quiseram provar a fruta, que não é facilmente encontrada no exterior, e remete ao sabor de infância. Chefes de cozinha também ficaram interessados no produto, já que são poucos os países que produzem a goiaba chinesa de polpa vermelha. A Indicação Geográfica, que a fruta de Carlópolis já possui, e as certificações internacionais, especialmente a Global Gap, serão os diferenciais e a porta de entrada dos produtores locais para o mercado externo.

A reunião de apresentação dos resultados da Fruit Attraction ocorrerá na próxima segunda-feira (30), a partir das 19 horas, na sede da Associação dos Olericultores e Fruticultores de Carlópolis (APC), que fica na Av. Elson Soares, 843.

SEBRAE/PR 45 ANOS

O Sebrae/PR comemora este ano quatro décadas e meia de atuação em defesa dos pequenos negócios. As micro e pequenas empresas representam 98,5% do total de empreendedores no Brasil, respondem por 27% do Produto Interno Bruto (PIB) e geram a maioria empregos no país. No Paraná as micro e pequenas empresas correspondem a 97% das empresas do Estado e geram 90% dos empregos formais, neste momento. Formalização, inovação, redução da burocracia, ampliação do acesso ao crédito, educação empreendedora e melhoria do ambiente legal fazem parte do compromisso do Sebrae/PR com os micro e pequenos negócios. 

Unimed Vacinação

Blogs

Ver Todos os Blogs