Santo Antônio da Platina / PR33º21º19 de Setembro de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 17/09/2018

Edição ImpressaEdição 3683

Ler Jornal
AGRONEGÓCIO

Paraná posterga até janeiro plantio da segunda safra de soja

Comentar
Compartilhar
22 DEZ 2017Por Da Redação com Assessoria18h33
clima adverso dificultou o estabelecimento das culturas de milho e feijão e postergou a semeadura da oleaginosaFoto: Jonas Oliveira/AEN

A Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) divulgou uma portaria de 20 de dezembro, a qual permitirá, em caráter excepcional, o plantio da segunda safra da soja até 14 de janeiro. A medida deve ser publicada nos próximos dias no Diário Oficial do estado para entrar em vigor.

O motivo da iniciativa do governo foi o clima adverso em setembro de 2017, que dificultou o estabelecimento das culturas de milho e feijão e postergou a semeadura da oleaginosa.

O diretor de Defesa Agropecuária da Adapar, Adriano Riesemberg, explicou que, segundo a portaria 202, de 22 de julho passado, o plantio da soja pode ser feito no estado até o dia 31 de dezembro.

“O limite existe porque as lavouras que são semeadas após esse período são muito suscetíveis ao fungo responsável pela ferrugem asiática da soja. A experiência é de que as lavouras tardias exigem em média cinco a seis aplicações de fungicidas a mais, dependendo das condições da doença. É uma medida de manejo que, junto do vazio sanitário, controla a doença e evita perdas de eficiência dos fungicidas”, disse Riesemberg.

 

Blogs

Ver Todos os Blogs