Santo Antônio da Platina / PR33º21º20 de Outubro de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 17/10/2018

Edição ImpressaEdição 3704

Ler Jornal
S.A.PLATINA

Estradas rurais estão intransitáveis

Estrada do Bairro dos Glória está sem manutenção há quase um ano e produtores contabilizam prejuízos

Comentar
Compartilhar
07 AGO 2018Por Dayse Miranda, especial para Tribuna do Vale20h43
No percurso formaram-se vários buracos e valetas onde até mesmo os cavalos têm dificuldades para passarFoto: Dayse Miranda

Em pleno século XXI, ano eleitoral e justamente no mês de aniversário de Santo Antônio da Platina, os moradores do Bairro dos Glória (zona rural do município), não encontram motivo nenhum para comemorar. Com falta de manutenção há praticamente um ano, as estradas que ligam a comunidade à PR-092, chegaram a um nível insuportável de desgaste, transformando a vida dos moradores num pesadelo e causando diversos transtornos para as famílias que residem na localidade.

O pior trecho, de aproximadamente quatro quilômetros, onde só é possível passar a cavalo, com trator ou veículo com tração 4x4, revela o descaso da administração pública para com as famílias do bairro. O trecho, segundo moradores, piorou ainda mais porque o maquinário da prefeitura tirou a terra do barranco e jogou na estrada antes da chegada das chuvas. Sem cascalhamento e com grande volume de chuvas dos últimos dias o acesso ao pesqueiro São Jorge e à Igreja Congregação Cristã do Brasil, a cerca de sete quilômetros da cidade, ficou praticamente impossível.

A situação é lamentável. Além de causar prejuízos ao escoamento da produção, o ônibus escolar também não está passando pelo trecho e as crianças não estão frequentando a escola. Recentemente um caminhão leiteiro encalhou no trecho e acabou agravando a situação. Formaram-se vários buracos e valetas onde até mesmo os cavalos têm dificuldades para passar. Confira no site www.tribunadovale.com.br o vídeo produzido pela equipe de reportagem da Tribuna do Vale.

Moradores desabafam

O pecuarista Jacinto Félix avalia a atual administração como péssima, um desastre. Para ele, a população do campo deveria ser mais valorizada, e ter no mínimo as condições de tráfego para levar à mesa dos platinenses a produção agrícola. “É uma vergonha, não há condições de passar um veículo pequeno. Já pensou se uma pessoa precisa de atendimento médico, como é que vai passar uma ambulância aqui? Estamos abandonados pela administração pública”, lamentou Félix.

O proprietário do Pesqueiro São Jorge, que preferiu manter sua identidade preservada, contou que faz uma semana que não consegue ter acesso à propriedade pela estrada. A única alternativa que a família encontrou foi fazer um desvio pelo pasto. “Meu empreendimento está parado. Já tive prejuízo de quatro dias fechado porque ninguém consegue chegar lá. Provavelmente não vou conseguir servir almoço no domingo do Dia dos Pais. Estava planejando fazer alguma coisa diferente para meus clientes, mas pelo jeito não vou conseguir. O caminhão que transporta o leite produzido na comunidade, para trafegar pelo trecho somente arrastado por um trator, porque se não for assim, não conseguimos levar o leite para a cidade”, detalhou o empresário.

O outro lado

O secretário Municipal de Obras, Everton José Panegada, informou, por telefone, que não é apenas o Bairro dos Glória que se encontra em situação emergencial. Outras famílias também já o procuraram para relatar problemas com estradas rurais. Segundo ele, para manutenção e reparos é preciso esperar melhorar o tempo para que o barro seque e os maquinários possam entrar e realizar os serviços. “O Bairro dos Glória é o próximo do nosso cronograma, assim que as estradas secarem faremos reparos”, disse o secretário.

 

 

Blogs

Ver Todos os Blogs