Santo Antônio da Platina / PR33º21º19 de Novembro de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 13/11/2018

Edição ImpressaEdição 3722

Ler Jornal

FTD homenageia Andirá pelos resultados positivos do IDEB

Município obteve pontuação acima da média nacional; todas as escolas foram bem ranqueadas

Comentar
Compartilhar
07 NOV 2018Por Da Assessoria14h41

A prefeita de Andirá, Ione Abib, e a secretária de Educação, Laudicea Mello Pereira, receberam, na manhã desta quarta-feira, dia 07, na sede da Prefeitura, uma placa de reconhecimento pelo intensivo trabalho do município para elevação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), que no demonstrativo de 2017, colocou Andirá com a nota de 6.4, acima da média nacional. A homenagem foi prestada pela FTD (Sistema de ensino, que Andirá adquiriu a partir deste ano, para aplicação na Educação Infantil), através do consultor da instituição,  André Fontes.

 

Ele parabenizou o município pelos avanços na qualidade da educação básica. A Prefeita agradeceu o reconhecimento e atribuiu à dedicação dos professores e demais  colaboradores da educação municipal. Segundo ela, agora, a meta é ampliar ainda mais as condições para quer o índice melhore ainda mais, principalmente em uma das escolas, que teve um índice menor. A Secretária de Educação também agradeceu o reconhecimento da FTD e enalteceu que o município tem trabalhado para proporcionar ainda mais qualidade no sistema.

 

Confira o índice por escola

A Escola Municipal Ana Nery (a mais antiga da cidade e que este ano completou 75 anos) teve um salto importante nesta avaliação. Ela superou a meta de 6.4, atingindo 7.1.  Os dados divulgados também apontaram melhora na avaliação da Escola Municipal Michel Kairalla. A meta de 5.8 foi atingida, elevando o índice da para 6.1. A Meta da Escola Municipal Pingo de Gente também subiu: de 5.5 para 6.1. A melhor avaliação foi a da Escola Municipal Santa Inês . Ela tinha, como meta, 4.9 e atingiu 6.4. (a direção atribuiu os bons resultados à sala de reforço, a dedicação dos professores em atividades diferenciadas e aos pais que fecharam parceria para garantir com os que os alunos retornassem à escola no outro período).

 

A Escola Municipal Integral Criança Feliz foi a única instituição com índice negativo:  a meta era 5.8 e ficou com 5.5 (a direção esclareceu que a escola está mobilizando um plano de ação para ampliar a aprendizagem, com salas de reforço e projetos pedagógicos que envolvem arte, leitura e comunicação). A Escola Municipal do Campo  Arco Iris, que fica no Distrito Nossa Senhora Aparecida (Patrimônio), foi a única instituição que não participou da Prova Brasil, por que o número de alunos era menor  do que o mínimo apontado pelo IDEB.

 

Blogs

Ver Todos os Blogs