Santo Antônio da Platina / PR33º21º25 de Maio de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 23/05/2018

Edição ImpressaEdição 3604

Ler Jornal
S.A.PLATINA

IBGE orienta sobre cadastro do Censo Agropecuário

Comentar
Compartilhar
05 OUT 2017Por Da Redação18h14

Iniciou esta semana o Censo Agropecuário 2017. Em Santo Antônio da Platina o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) órgão responsável pela pesquisa visa cadastrar cerca de 1,5 mil estabelecimentos rurais, ou seja, propriedades onde existe atividade que gera renda.  O levantamento consiste em levantar informações sobre agricultura, extração vegetal, silvicultura, criação de animais de grande porte, médio e pequeno porte, aquicultura, beneficiamento e transformação de produtos agropecuários.

Coordenador de subárea de Santo Antônio da Platina Rafael de Oliveira Ribeiro (Antônio de Picolli / Tribuna do Vale)

Segundo o coordenador de subárea de Santo Antônio da Platina Rafael de Oliveira Ribeiro cinco recenseadores estarão atuando nos cadastros. Para identificação e evitar fraudes, o coordenador ressalta que eles estarão utilizando boné, crachá e colete de identificação. No colete deve constar o número de um 0800 do IBGE caso o proprietário do estabelecimento queira confirmar sua presença. O recenseador, estará portando também um telefone celular exclusivo do IBGE a fim de emitir a localização e atualizar os mapas de cada setor visitado.

De acordo com a lei 5.534/68 e o decreto 73.177/73 os estabelecimentos visitados são obrigados a atender os recenseadores e em caso de descumprimento podem ser autuados em até dez salários mínimos e se for reincidente até 20 salários mínimos. O cadastro demora em média uma hora para ser concluído, de acordo com a atividade realizada em cada propriedade.

6.559 propriedades do Norte Pioneiro deverão ser registradas no Censo Agro 2017 (Antônio de Picolli / Tribuna do Vale)

Serão cadastrados somente estabelecimentos agropecuários onde existe utilização das terras, tratores, efetivos da pecuária e produção animal. “Em alguns casos, onde não há produção, comercialização de produtos, o cadastro é bem mais rápido, portanto, o tempo varia de acordo com a atividade. Não é necessário nenhum documento para comprovar as atividades”, explicou Ribeiro.

O Censo Agropecuário acontece até fevereiro de 2018. No Norte Pioneiro, dez municípios fazem da regional. Juntos, somam 6.559 propriedades que deverão ser registradas no Censo Agro 2017. Entre os municípios estão: Abatiá(813), Guapirama (191), Joaquim Távora (731), Jundiaí do Sul (403), Quatiguá (243), Ribeirão do Pinhal (682), Salto do Itararé (593), Santa Amélia (481), Santo Antônio da Platina (1.553) e Siqueira Campos (869).

Blogs

Ver Todos os Blogs