Santo Antônio da Platina / PR33º21º18 de Junho de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 13/06/2018

Edição ImpressaEdição 3616

Ler Jornal
S.A.PLATINA

Novo equipamento para sinalização de ruas vira piada nas redes sociais

Imagens de faixas pintadas de forma desalinhada viralizam na internet

Comentar
Compartilhar
12 MAR 2018Por Luiz Guilherme Bannwart21h01

Os internautas não pouparam críticas ao Departamento de Trânsito e à Secretaria de Obras de Santo Antônio da Platina em consequência dos testes realizados com o novo equipamento adquirido pela Prefeitura para os serviços de demarcação viária. Imagens das faixas de sinalização pintadas de forma desalinhada publicadas nas redes sociais demonstram que os funcionários responsáveis pelo manuseio do equipamento ainda precisam de muito treinamento para iniciar os trabalhos.

Os posts foram feitos no fim de semana, e viralizaram na internet. “Kkkk Ela já vem alinhada de fábrica?” (Sic), questionou Geane Ferrari Valério. “Compraram uma Ótima Máquina pro trabalho, só esqueceram de dar um curso para o operador aprender a manusear!!” (Sic), disse Leanderson Bueno. “Pior que todas as faixas ficaram tortas kkkk”, observou Claudineia Felipe.

O diretor municipal de Trânsito, Bruno Chagas, reconheceu que o funcionário responsável pelo equipamento não está preparado para o serviço, e deve ser treinado. “A população está certa em fiscalizar e cobrar pela qualidade dos serviços. Realmente as faixas ficaram tortas em algumas vias, e o trabalho será refeito. Fizemos contato com a empresa que nos vendeu o equipamento, e ela se comprometeu em treinar a equipe responsável pela manutenção das ruas”, disse Chagas.

PREÇO

Os internautas também questionaram o valor de R$ 40 mil pago pela Prefeitura no novo equipamento. Algumas pessoas chegaram a publicar valores de equipamentos semelhantes insinuando que o gasto foi exagerado.

O diretor municipal de Trânsito justificou. “Trata-se de um Titan Power Line 2850 com diversas funcionalidades. Hoje é um dos equipamentos mais procurados no mercado em função da qualidade dos serviços ele oferece e a economia que gera. A aquisição foi feita através de processo licitatório, que pode ser verificado pelos interessados através do Portal da Transparência da Prefeitura”, orienta.

A reportagem da Tribuna do Vale consultou o valor do equipamento na internet, confirmando que o preço pago pela Prefeitura é o praticado pelos revendedores.

 

 

Blogs

Ver Todos os Blogs