Santo Antônio da Platina / PR33º21º19 de Agosto de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 16/08/2018

Edição ImpressaEdição 3663

Ler Jornal
SEGURANÇA

Prefeitura instala sistema de segurança em prédios públicos

Comentar
Compartilhar
10 AGO 2018Por Da Assessoria19h22

As instalações e edifícios públicos de Ribeirão do Pinhal passam a contar com novos sistemas de segurança, como alarmes e câmeras de monitoramento. Nesta semana as empresas contratadas por licitação finalizam a instalação dos equipamentos que vão oferecer mais segurança aos servidores municipais e garantir também a preservação do patrimônio público.

Foram instaladas 44 câmeras de monitoramento e 15 centrais de alarmes sonoros distribuídos nas três Unidades Básicas de Saúde, na Secretaria Municipal de Educação e Cultura, nas Escolas Municipais, nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), na Cozinha Central, no Centro de Apoio de Educação Especial, no Conselho Tutelar, no CRAS, no Projeto Vida e Esperança, na Casa Lar Izilia Folador, na secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, na Prefeitura e no pátio.

Segundo o prefeito Wagner Martins (PSD) é faz necessário investir em sistemas de segurança para inibir os furtos e o vandalismo dos prédios públicos. “Na atual realidade sistemas de segurança não são mais um artigo de luxo, são aparelhos necessários e estamos investindo em medidas para proteger o patrimônio porque o problema dos furtos prejudica as atividades tanto de nossos alunos quanto dos outros setores, que ficam sem os equipamentos para desenvolver plenamente o trabalho e o dinheiro para reposição desses bens poderia ser investido em equipamentos complementares”, ressalta o chefe do Executivo.

O prefeito explica ainda que o mecanismo de monitoramento vai ajudar a identificar possíveis ataques. “Tudo o que está sendo captado pelas câmeras poderá ser acessado por meio de um banco de imagens, que ficará arquivado. A finalidade dos alarmes é detectar movimentos suspeitos fora do horário de expediente. Quando isso ocorrer, o alarme será acionado alertando as forças policiais. Em breve pretendemos equipar outros prédios públicos e implantar um sistema de monitoramento nas saídas da cidade”, revela.

A secretária Municipal de Educação e Cultura, Terezinha de Campos Silva, afirma que era uma medida muito necessária. “É muito triste chegar numa escola e ver a decepção no rosto das professoras e das crianças que sabem o quanto sua rotina será prejudicada pela falta de equipamentos tão importantes que covardemente foram usurpados de nossas escolas. Acredito que estas medidas de vão torná-las mais seguras”, comemora.

De acordo com a secretaria de Saúde, Vanderlene Silveira de Rezende, o setor  também vivia a insegurança dos furtos noturnos. “Tivemos vários casos de tentativas de arrombamentos em nossas Unidades Básicas de Saúde e isso traz uma grande incerteza tanto para funcionários quanto para população. Esperamos que agora possamos trabalhar com mais tranquilidade”.

 

Blogs

Ver Todos os Blogs