Santo Antônio da Platina / PR33º21º13 de Dezembro de 2017
Jornal Tribuna do Vale - 08/12/2017

Edição ImpressaEdição 3493

Ler Jornal
ISENÇÃO

E-commerce do grupo Pro Tork receberá incentivos do Paraná Competitivo

Comentar
Compartilhar
06 DEZ 2017Por Da Assessoria23h22
Fachada da indústria da Pro Tork em Siqueira Campos FOTO PROTORKFoto: Antônio de Picolli / Tribuna do Vale

O governador Beto Richa assinou nesta quarta-feira (6) protocolos de intenção com duas empresas que receberão incentivos do programa Paraná Competitivo. A Sport Bay e a Mercadomóveis ampliarão suas atividades de comércio eletrônico com investimentos totais de R$ 11,5 milhões, gerando 74 empregos diretos.

O Estado, ressaltou o governador, trabalha ao lado de empresas que acreditam e investem no Paraná. “Sou um admirador das duas empresas pela capacidade empreendedora e pelo crescimento vertiginoso ao longo dos anos, gerando riquezas e muitas oportunidades de emprego aos paranaenses.”

A articulação para que a Sport Bay - empresa de e-commerce do grupo Pro Tork - fosse incluída entre as empresa favorecidas foi feita pelo deputado estadual Luiz Claudio Romanelli (PSB), líder do governo na Assembleia Legislativa, que destacou a importância de investir nesta forma de comércio.

De acordo com o líder do governo, “entre os benefícios está a isenção que é uma redução no ICMS para quando a mercadoria sai para fora do estado. Então, com este benefício que já existe em outros estados, faz com que as empresas do Paraná se equiparem. A concorrência será mais justa, e haverá crescimento econômico e geração de emprego e renda no nosso estado”, afirmou Romanelli.”, concluiu.

A Sport Bay iniciou suas atividades em 2014 e atua no ramo de e-commerce de peças e acessórios para motocicletas, capacetes, roupas e calçados para esporte e motociclistas.

Segundo o diretor-presidente da Sport Bay, Marlon Bonilha, o grupo já conta com incentivo do Paraná Competitivo para a fábrica de Siqueira Campos, que agora se amplia para o comércio eletrônico. “É uma iniciativa importante do governo apoiar os e-commerce nativos do Estado, para que tenham mais competitividade no cenário nacional. As vendas online representam, hoje, 30% dos ativos de venda do comércio nacional”, afirmou.

Marlon Bonilha, acredita que, com o convênio o Paraná sai na frente e gera novas oportunidades para que o Paraná se equipare no comércio. “A redução de ICMS garante que sejam feitos outros serviços na prática e no dia-a-dia. O e-commerce significa que o céu é o limite, pois o crescimento é exponencial, podendo alcançar de 20% a 25% em um mês”, disse.

Por meio dos incentivos concedidos pelo programa, o grupo fará investimentos no valor de R$ 6,1 milhões, que deverão possibilitar incremento nas vendas e a contratação de 59 trabalhadores. A empresa, que é a maior fabricante de capacetes do mundo, planeja construir um centro de distribuição em Curitiba voltado especificamente ao comércio eletrônico.

Os investimentos serão enquadrados na categoria de e-commerce do Paraná Competitivo. Para as empresas de comércio eletrônico instaladas no Paraná, que venderem a outros estados, existe a concessão de crédito presumido de ICMS em operações interestaduais tributadas que destinem mercadorias ao consumidor final.

Blogs

Ver Todos os Blogs