Santo Antônio da Platina / PR33º21º21 de Junho de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 19/06/2018

Edição ImpressaEdição 3621

Ler Jornal
S.A.PLATINA

Mineiro propõe devolução de recursos da Câmara para doar UPA ao Hospital do Câncer

Comentar
Compartilhar
21 NOV 2017Por Da Redação19h02
Vereador Mineiro defende a utilização de parte do duodécimo do Legislativo para doar UPA ao HCLFoto: Luiz Guilherme Bannwart

O vereador José Jaime Paula Silva (PSB), o Mineiro, propôs durante a sessão ordinária na noite de segunda-feira (20), a utilização de parte da devolução referente ao duodécimo do Legislativo ao Executivo, para complementar o orçamento necessário para a compra da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), junto ao governo federal, para que o município possa doar da estrutura ao Hospital do Câncer de Londrina (HCL).

 “Os deputados federais Alex Canziani e Reinhold Stephanes se comprometeram em repassar R$ 1 milhão, cada, para a compra o imóvel. Que o prefeito Zezão utilize mais R$ 1 milhão das economias desta casa para garantir a instalação do Hospital do Câncer na cidade”, sugeriu Mineiro.

No entanto, conforme o assessor jurídico da Câmara de Vereadores de Santo Antônio da Platina, Diego Abdala, a aplicação dos recursos da devolução do duodécimo é prerrogativa do Executivo. “São recursos livres, que o Executivo administra da forma como entender viável. No meio do ano, por exemplo, houve uma devolução de R$ 1 milhão aos cofres do município para a compra de medicamentos e custeios. Até dezembro deve ocorrer mais uma devolução na ordem de R$ 1,3 milhão ao Executivo, que poderá ser utilizado para a complementação da compra do imóvel (UPA) se a administração entender necessário”, explicou o advogado.

De acordo com o secretário municipal de Planejamento, Airton Sérgio Diniz, as negociações entre o prefeito José da Silva Coelho Neto (PHS) junto a deputados federais, que se propuseram a complementar o orçamento através de emendas parlamentares, não se esgotaram. Entretanto, segundo ele, a sugestão apresentada pelo vereador Mineiro seria uma alternativa para concretizar as negociações com o Hospital do Câncer de Londrina. “Trata-se de um recurso sadio, que podemos destinar a outras necessidades no município. É importante frisar que as negociações com os deputados federais ainda não se esgotaram, e que a intenção do prefeito Zezão é adquirir este imóvel através de emendas parlamentares como as que foram anunciadas pelos deputados Alex Canziani e Reinhold Stephanes. Porém, se for necessário estudaremos a proposta do vereador Mineiro”, disse Diniz.

Reunião com o ministro

Na próxima terça-feira, 28, uma reunião com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, em Brasília (DF), pode selar a doação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ao Hospital do Câncer de Londrina. Uma comitiva do prefeito Zezão, diretores do HCL e deputados federais envolvidos no projeto devem apresentar a proposta ao governo federal para concluir a negociação.

Blogs

Ver Todos os Blogs