Santo Antônio da Platina / PR33º21º20 de Setembro de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 17/09/2018

Edição ImpressaEdição 3683

Ler Jornal
S.A.PLATINA

Com índice acima de 51,3%, prefeitura fica impedida de realizar concurso e cumprir TAC

Reivindicação dos professores da rede municipal de receber reajuste de 6,81% para toda a categoria deve ser negada

Comentar
Compartilhar
12 MAR 2018Por Gladys Santoro19h13
Folha de pagamento está comprometida e prefeitura não poderá contratar pessoalFoto: Antônio de Picolli

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná – TCE-PR– emitiu nesta segunda-feira, 12, um alerta à prefeitura de Santo Antônio da Platina sobre o índice da folha de pagamento, que ultrapassou 51,3% da Receita Corrente Líquida, chegando a 95% do limite. O teto é de 54%, porém, com o atual índice a administração pública já fica impedida de realizar concurso público para contratação de pessoal, e também de cumprir o Termo de Ajustamento de Conduta assinado em janeiro com o Gepatria - Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate, à Improbidade Administrativa – para corrigir desvios de funções no quadro de servidores, já que para esse ajuste era necessário, além do retorno ao cargo de origem a contração de pessoal para as vagas que ficarão em aberto.

Também não será possível atender à reivindicação dos professores municipais, que exigem o cumprimento de reajuste salarial no valor de 6,81% conforme o oferecido pelo Fundeb. A prefeitura enviou Projeto de Lei à Câmara Municipal estabelecendo o repasse integral apenas aos profissionais em inicio de carreira. Os demais terão reposição da inflação oficial de 2017, que foi de 2,95%. A categoria quer que o aumento de 6,81% seja para todos os profissionais que atuam na rede municipal.

Segundo o secretário municipal da Fazenda, Celso Dias, representantes das áreas da contabilidade, do orçamento e do planejamento estiveram na semana passada na sede do TCE, em Londrina, discutindo o índice calculado pelo órgão. Eles acham que as contas não estão batendo, ou seja, pelos cálculos da prefeitura, o índice de comprometimento da folha de pagamento é menor do que o apresentado pelo TCE. “Há uma divergência nos valores, porque não está havendo contratações nem aumento de salários. O que houve ultimamente foi contratação de professores, mas que estão substituindo alguns que se aposentaram. As salas de aulas não podem ficar sem professores. Mas na verdade o que foi feito, foi apenas reposição de pessoal”, afirmou.

Para Dias, em abril deste ano, completa-se o primeiro quadrimestre de 2018, e essas contenções apontadas devem aparecer em números agora. “Com certeza, o índice em abril deve ser menor”, adiantou.

O secretário não falou em demissões de cargos comissionados.

TAC

A administração municipal de Santo Antônio da Platina assinou em janeiro deste ano, com o núcleo local do Gepatria - Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa - um Termo de Ajuste de Conduta, que deve regularizar a situação de servidores em desvio de função. O início do remanejamento está marcado para o dia 29 deste mês, com 38 dos 80 servidores que deverão retornar a seus cargos de origem. O cronograma prevê também que a prefeitura realize, ainda neste ano, concurso público para eliminar todas as distorções e ilegalidades que ocorrem na administração, práticas verificadas há muitos anos, incluindo gestões passadas. Após este concurso, mais 33 servidores terão que retornar aos cargos pelos quais prestaram concurso público.

 

 

Blogs

Ver Todos os Blogs