Santo Antônio da Platina / PR33º21º21 de Setembro de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 17/09/2018

Edição ImpressaEdição 3683

Ler Jornal
COMBATE AS DROGAS E VIOLÊNCIA

Proerd forma mais de 500 alunos em Santo Antônio da Platina

Comentar
Compartilhar
08 DEZ 2017Por Gladys Santoro19h53
Instrutor soldado Vieira e soldado Daniele Liebelt durante JuramentoFoto: Antônio de Picolli / Tribuna do Vale

O  PROERD - Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência –  formou  na quinta-feira, 7, cerca de 550 alunos do quinto ano do Ensino Fundamental de Santo Antônio da Platina. A solenidade de entrega de certificado de conclusão do curso foi realizada na Casa da Cultura Platinense Antônio Freitas em dois períodos: de manhã e tarde.

Segundo o instrutor soldado Leonardo Vieira Correa, o curso acontece em todas as escolas municipais por meio deum  convênio entre a prefeitura e a Polícia Militar. “Trabalhamos com cerca de 25 alunos por turma. Também existe o curso para as crianças da Educação Infantil, mas o conteúdo aplicado é bem diferenciado”, comentou.

Ao todo, são 10 encontros com os alunos durante os dois semestres do ano. “É uma linguagem especial que usamos voltada ao combate às drogas e a violência. Posso dizer que o resultado é sempre bom, por que crianças são multiplicadoras. No Paraná, desde 2002, 1.500 milhão de alunos já passaram pelo Proerd”, comentou.

Alunos receberam seus certificados na Casa da Cultura Platinense (Antônio de Picolli / Tribuna do Vale)

O soldado Vieira também é responsável pelas aulas nos municípios de Abatiá, Barra do Jacaré e Jundiaí do Sul.

O Proerd integra as ações das políticas públicas que o Estado do Paraná mantém para melhorar a segurança pública, a educação e a saúde a partir da prevenção ao uso e tráfico de drogas. A ideia é evitar que crianças e pré-adolescentes comprometam seu futuro e ingressem num círculo vicioso de decadência de valores e violência.

Mantido pela Secretaria da Segurança, através da Polícia Militar, o Proerd ensina alunos do ensino fundamental a não se envolverem com as drogas e outras situações de violência. Os pais também são gradativamente integrados às lições do Programa. As aulas são ministradas por PMs fardados.

De acordo com o currículo do Programa, as aulas permitem que aluno compreenda os efeitos das drogas no organismo, as consequências de seu uso, as diferentes maneiras de resistir às pressões e a toda e qualquer forma de violência. Todos os tópicos são ministrados por policiais militares que se tornam educadores sociais. Estes profissionais são previamente capacitados para o programa e em condições de atender aos alunos desta faixa etária. No fim de cada semestre letivo, são entregues diplomas aos alunos participantes, em uma solenidade de formatura.

O Proerd é baseado originalmente no Programa Americano denominado Drug Abuse Resistance Education - D.A.R.E. Em cada país onde é implantado sofre alterações para adaptação à realidade local. Atualmente, o Proerd está presente em 58 países, e já atingiu nos cinco continentes, aproximadamente 40 milhões de crianças. O programa é pautado pela atividade educativa de prevenção primária ao uso de drogas, sejam elas lícitas ou ilícitas.

As aulas do Proerd têm o objetivo de fazer com que alunos de quartas e sextas séries possam:

-adquirir as habilidades e conhecimentos para reconhecer e resistir à pressão dos companheiros ou grupos quando do oferecimento de álcool, cigarros ou outras drogas

-desenvolver a auto estima

-aprender técnicas de como ser seguro

-encontrar maneiras de dizer não às drogas

-aprender alternativas positivas ao uso de drogas

-aprender a lidar com o estresse e resolver conflitos

-resistir ao envolvimento com gangues

-auxiliar positivamente na redução da violência

-conhecer as consequências dos atos de vandalismo e violência

-aprender a tomar decisões

-construir habilidades de comunicação

-adquirir noções de cidadania

Blogs

Ver Todos os Blogs