Santo Antônio da Platina / PR33º21º23 de Outubro de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 22/10/2018

Edição ImpressaEdição 3706

Ler Jornal

Paraná é o terceiro maior gerador de vagas formais no país

O Estado apresentou saldo positivo que o colocou na 3ª posição no ranking nacional de geração de empregos formais

Comentar
Compartilhar
11 OUT 2018Por Eduardo Betinardi18h18
Foto: Divulgação

 De acordo com dados divulgados pelo CAGED/MTE, o Estado do Paraná apresentou um saldo positivo de 45.102 vagas no ano de 2018, até o mês de setembro, que o coloca na 3ª posição no ranking nacional de geração de empregos formais, atrás apenas de São Paulo com 194 mil e de Minas Gerais com 109 mil vagas.

 

“Os números positivos demonstram uma recuperação econômica, quando comparamos com o mesmo período do ano passado”, explica Jefferson Marcondes Ferreira, membro do Comitê Macroeconômico do ISAE – Escola de Negócios. O saldo positivo se deve, principalmente, ao setor de serviços, que terminou o período com 31.145 vagas contra um saldo de 13.291 vagas no mesmo período de 2017.

 

O destaque é para a área de comércio e administração de imóveis e valores mobiliários, juntamente com a área de educação. O setor industrial foi um dos poucos que decepcionaram. “O fato de o setor industrial não ter gerado mais vagas que em 2017 atribui-se, em parte, pelo menor número nas exportações paranaenses, por conta da greve dos caminhoneiros, em maio deste ano”, comenta o especialista.

 

Outro dado extremamente positivo da pesquisa fica por conta dos números que mostram que todas as regiões do Estado do Paraná apresentaram saldo positivo na geração de empregos formais. Na Região Metropolitana de Curitiba, por exemplo, o crescimento foi muito significativo, pois acumulou 12.497 vagas a mais quando comparado ao mesmo período do ano anterior, que tinha um saldo de 4.194 vagas formais.

Blogs

Ver Todos os Blogs