Santo Antônio da Platina / PR33º21º23 de Julho de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 20/07/2018

Edição ImpressaEdição 3643

Ler Jornal
CULTURA

Espetáculo “A Pereira da Tia Miséria” encanta público em Bandeirantes

Comentar
Compartilhar
13 ABR 2018Por Da Assessoria20h22
O público que acompanhou a apresentação foi formado principalmente por estudantes da rede municipal e estadual de ensinoFoto: Divulgação

Cerca de 300 pessoas, entre crianças, jovens e adultos, acompanharam a apresentação da peça "A Pereira da Tia Miséria" em Bandeirantes

Pernas de pau, cenário e figurino que se adaptam perfeitamente à liberdade da rua. É isso que o Núcleo Ás de Paus levou a Bandeirantes para a apresentação da peça “A Pereira da Tia Miséria”. O grupo de Londrina se apresentou para o público na Praça Brasil-Japão durante a manhã de quarta-feira, 11 de abril.

A Pereira da Tia Miséria trata de forma bem-humorada, mas ao mesmo tempo dramática e musical sobre o tema da miséria e da fome que atingem o mundo, personificadas em personagens que encantam e levam à reflexão sobre a natureza da vida e de nossas relações sociais e econômicas.

O público que acompanhou a apresentação foi formado principalmente por estudantes da rede municipal e estadual de ensino da cidade, além de pessoas da comunidade local que passavam pela praça e se interessaram pelo espetáculo apresentado de forma gratuita.

A secretária de Educação e Cultura da Prefeitura de Bandeirantes, Valquiria Bonacini Martins, destaca que a apresentação ajuda na construção de uma cultura artística na cidade, que ainda é incipiente, mas que deve evoluir com os incentivos.

“Precisamos de aspectos culturais dentro da parte educacional, principalmente em uma cidade como a nossa. Vimos que as crianças interagiram, prestaram atenção, aproveitaram o espetáculo. Também pude ver professores de nossa rede elogiando o texto. É um contato fundamental para cultura da nossa gente”, afirma.

O professor José Cláudio, do Colégio Estadual Nóbrega da Cunha, ressalta a abrangência de discutir os temas abordados pela peça. “É de suma importância para os estudantes esse debate, bastante abrangente, cheio de metáforas. Nós vemos e vivemos a fome e a miséria. Por isso, enxergá-la pelos olhos da arte pode contribuir para formação de indivíduos mais conscientes e ativos”, acentua.

A estudante de Letras do Campus de Cornélio Procópio, Lucilene Fermino, presente na apresentação em Bandeirantes, acredita que assistir a peças como “A Pereira da Tia Miséria” incentivam uma reflexão mais introspectiva. “A gente vê na peça e começa a pensar sobre isso, mesmo que sejam aspectos presentes em nosso meio todos os dias. Porém, a gente às vezes não se dá conta”, conclui.

No noite de hoje, quinta-feira, dia 12 de abril, o espetáculo será apresentado no Campus de Cornélio Procópio, às 19h30.

Blogs

Ver Todos os Blogs