Santo Antônio da Platina / PR33º21º22 de Outubro de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 17/10/2018

Edição ImpressaEdição 3704

Ler Jornal

O país europeu que não tem espaço para seus mortos

Comentar
Compartilhar
19 MAI 2015Por Redação11h46
Enterros têm sido temporários nas grandes cidades devido à pouca disponibilidade de terras e à superlotação nos cemitérios existentes na capital e em Salônica, a segunda maior cidade do país. E, como não há crematórios na Grécia, os espaços existentes em cemitérios têm de ser reutilizados com frequência. Por isso túmulos costumam ser alugados, e os contratos duram em média três anos."Isso custa para uma família cerca de US$ 2.200 (R$ 6.600) ao longo deste período", explica Antony Alakiotis, do Comitê de Cremação na Grécia.

Blogs

Ver Todos os Blogs