Santo Antônio da Platina / PR33º21º20 de Outubro de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 17/10/2018

Edição ImpressaEdição 3704

Ler Jornal

COLUNA AB PARANÁ – TURISMO

Comentar
Compartilhar
16 MAI 2018Por Supervisão de Ayrton Baptista18h22

GUARAQUEÇABA

Colonizada com a chegada dos portugueses no Paraná por volta de 1545, Guaraqueçaba, encanta pela natureza preservada e beleza exuberante. Seu nome vem do tupi - guarani e significa “lugar do guará”, uma ave de cor avermelhada, que era abundante na região. Diversas ilhas fazem parte do município, são elas: Das Peças, Rasa, Das Laranjeiras, do Rebelo, Povoca e do Superagüi.

PONTO TURÍSTICO

O Museu Oscar Niemeyer, um dos símbolos de Curitiba, foi eleito mais uma vez um dos 20 museus mais bonitos do mundo, sendo o único da América Latina a entrar na lista. A seleção foi feita pelo site norte-americano Flavorwire, especializado em cultura e crítica de arte. Uma opção de visita indispensável para quem está a passeio na capital paranaense.

HISTÓRIA VIVA

Quem pretende visitar as praias do litoral paranaense, pode aproveitar para conhecer a bela Paranaguá.  A cidade conta com diversos pontos de turismo, como mercados, igrejas, o Porto e a baia. Possui quatro mercados: o de artesanato, o Brasílio Abud (pescados), o Nilton Abel de Lima e o do Café. Eles oferecem aos visitantes variedades em artesanato e cultura local.  

CONTATO COM A NATUREZA

Povoado situado ao pé da Serra do Mar, o Porto de Cima, distrito de Morretes, litoral paranaense, possui praia fluvial, área para acampamento e pousadas. Com a beleza deslumbrante da paisagem da Serra, junto as corredeiras do Rio Nhundiaquara, das trilhas e caminhos coloniais em meio a mata, com seus recantos repletos de cascatas é o local ideal para quem pretende descansar e curtir o contato com a natureza.

IMIGRAÇÃO EUROPÉIA

Cerca de 70% da população de Prudentópolis são de descendentes de ucranianos. O nome do município, formado em 1906, é uma homenagem ao presidente Prudente de Morais. As primeiras 1.500 famílias chegaram em 1896, oriundas da Galícia, onde hoje está localizada a Ucrânia. Até hoje os habitantes guardam os costumes e tradições como festas e técnicas de pintura, artesanato típico, culinária, dança e religião.

BELEZAS NATURAIS

Turistas podem fazer passei náutico pela Baia de Antonina e escolher entre dois roteiros: histórico e ecológico. Durante o roteiro histórico os visitantes vão conhecer a história sobre o Porto dos Matarazzo – que na década de 1920 chegou a ser o quarto porto mais importante do Brasil e informações sobre arquitetura. Já no ecológico o visitante vai conhecer espécies de pássaros e peixes, passando por lugares com a natureza exótica. Cada passeio dura uma hora e sai do trapiche.

TURISMO RURAL

Conhecida por ser a maior produtora de banana do Paraná, Guaratuba está mostrando que nem só de praia e água salgada vive sua economia. O turismo rural também está se intensificando na região, isso devido a vários rios com água cristalina que lá se encontram. Uma dica de visita é a comunidade Pedra Branca do Araraquara. Para chegar até lá o turista terá de sair do estado, passando por Guaruva pela PR-412.

HISTÓRIA EM CAPELAS

Para viajar e ao mesmo tempo aprender um pouco mais sobre a história da colonização paranaense basta percorrer o noroeste do estado. A região é cheia de capelas a beira das estradas, as quais eram construídas pelas próprias mãos dos novos habitantes, que chegavam à região marcando o inicio da construção das comunidades interioranas. Essas comunidades, com a mudança do sistema de produção agrícola, não existem mais, porém suas igrejinhas ainda estão lá, cheias de histórias para contar.

CIRCUITOS DE CAMINHADA

O Paraná conta hoje com 80 circuitos de caminhada, destes, 14 estão na região do Vale do Ivaí. O Vale começou a se destacar no turismo rural em 2008, quando realizou a primeira Caminhada Internacional da Natureza – Circuito Nossa Senhora de Salete, que contou com a participação de 300 pessoas. No mesmo ano o Circuito Santa Rica de Cássia atraiu ainda mais pessoas: 450.

PRAIAS NO RIO

Belas paisagens de praias naturais formadas a beira do Rio Paraná. Isto é o que pode ser admirado na cidade de Porto Rico, noroeste do estado. Apesar de pequena, cerca de quatro mil habitantes, a cidade tem uma forte infraestrutura, contando com muitas opções de hotéis, restaurantes, além de muitos quiosques e opções de lazer em torno de suas praias.

CIDADE DO VINHO

Logo na entrada de Bituruna, sudeste do estado, já se entende por que ela é conhecida como Terra do Vinho. Quem chega à cidade, colonizada por muitas pessoas advindas do Rio Grande do Sul, se depara com o Garrafão, um monumento de18 metrosde altura em forma de garrafão de vinho. O município ainda conta com várias áreas de lazer, dentre elas a Linha Bet. Localizada no lago da Represa de Foz do Areia, o parque permite o passeio de balsa, barco e outros esportes aquáticos.

 

 

Blogs

Ver Todos os Blogs