Santo Antônio da Platina / PR33º21º19 de Novembro de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 13/11/2018

Edição ImpressaEdição 3722

Ler Jornal
CORNÉLIO PROCÓPIO

Justiça interdita frigorífico por falta de licenças ambientais e más condições de funcionamento

Comentar
Compartilhar
06 NOV 2018Por Da Assessoria19h45
MP diz que empresa descumpre as regras sanitárias e ambientais para o funcionamentoFoto: Odair Matias

O Juízo da 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Cornélio Procópio, no Norte Pioneiro do estado, determinou a suspensão das atividades de um frigorífico do município, em função de uma série de irregularidades. A decisão atende ação civil pública ajuizada pela 3 ª Promotoria de Justiça da Comarca.

 

De acordo com as investigações do Ministério Público do Paraná, a empresa vem descumprindo as regras sanitárias e ambientais necessárias ao seu regular funcionamento. A ação foi proposta pela Promotoria após o frigorífico desrespeitar termo de ajuste de conduta firmado com órgãos do município. Além disso, o MPPR constatou que o frigorífico não providenciou a atualização das licenças ambiental e sanitária.

 

A Justiça determinou a interdição do local (autos nº 8893-98.2018.8.16.0075) até que sejam cumpridas todas as exigências relacionadas na ação civil, incluindo apresentação de relatório favorável do Serviço de Inspeção Municipal, do IAP e da Força Verde. A multa diária para descumprimento é de R$ 1 mil.

 

Blogs

Ver Todos os Blogs