Santo Antônio da Platina / PR33º21º23 de Outubro de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 22/10/2018

Edição ImpressaEdição 3706

Ler Jornal

Tarifa zero para WhatsApp põe Tim na mira do Ministério Público

Comentar
Compartilhar
27 JAN 2015Por Redação11h27
A Tim arrumou confusão com o Ministério Público da Bahia por oferecer um plano de internet que permite acesso ao WhatsApp quando o cliente ficar sem créditos. Para o órgão, a oferta fere o princípio de neutralidade da rede. A neutralidade foi instituída por meio do Marco Civil da Internet, aprovado em abril do ano passado. A regra diz que operadoras não podem oferecer pacotes de internet por tipo de acesso. O MP instaurou inquérito para investigar a conduta da Tim, que estaria transgredindo o Marco Civil e gerando prejuízos materiais e morais aos consumidores.

Blogs

Ver Todos os Blogs