S.A.PLATINA

Meio Ambiente retira da avenida ipês condenados

25 SET 2017 • Por Da Redação • 20h02

A Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente, inicia hoje, 26, a retirada de um ipê (localizado em frente à Câmara dos Vereadores) na avenida Oliveira Motta que está condenado. A árvore, estimada com aproximadamente 70 anos, está com o tronco oco e com várias rachaduras nos galhos, colocando em risco quem transita pelo local. Naquele quarteirão, além de grandes veículos estacionados, é local de funcionamento da feira livre, e uma fatalidade poderia acontecer a qualquer instante.

 Para evitar acidentes, a prefeitura, junto ao Departamento de Trânsito vão se reunir numa força tarefa para iniciar o corte da árvore em caráter de urgência. A árvore infelizmente será retirada completamente para garantir a segurança da população. A área estava desde segunda-feira, 25, interditada para não ocorrer imprevistos logo que a condenação do ipê foi averiguada.

De acordo com o técnico agrícola José Ricardo Arruda as árvores da avenida são muito antigas e estão passando por um estudo para averiguar as condições. Outro ipê que foi considerado condenado está em frente ao Supermercado Molini’s, com os mesmos problemas em sua estrutura. “A população precisa se conscientizar de que essas árvores condenadas oferecem risco. Vamos fazer a retirada e em breve plantar outra no local”, explicou.