Pilotos da Air Berlin são investigados por manobra arriscada em 'voo de despedida'

19 OUT 2017 • Por Jéssica Lauritzen / EXTRA • 17h55

Pilotos do último voo de longa distância da Air Berlin - segunda maior companhia aérea da Alemanha, prestes a encerrar operações devido a uma crise financeira - foram suspensos e estão sendo investigados após realizarem uma manobra arriscada e incomum durante aterrissagem no Aeroporto de Düsseldorf esta semana. As informações foram divulgadas em jornais como o Correio da Manhã, o Daily Mail e o Mirror.

De acordo com os relatos, o 'rasante' próximo à torre de controle causou pânico aos 200 passageiros da viagem oriunda de Miami. Imagens compartilhadas nas redes sociais mostram que a aeronave A330 voou baixo pela pista, depois subiu e se inclinou bruscamente para a esquerda antes de pousar, em sua segunda aproximação.

Segundo as informações, autoridades da aviação alemã consideram que a condução registrada não se enquadra nem mesmo no procedimento normal de arremeter (go-around), que ocorre quando um pouso é abortado - e o piloto retoma o voo - por falhas ou risco.