ABIN

'CIA Brasileira' abre concurso para investigadores

3 JAN 2018 • Por BEM PARANÁ • 21h55

A Agência Brasileira de Inteligência(Abin), publicou quarta-feira, 3,  o edital do Concurso Abin. São ofertadas 300 vagas para os cargos de Oficial de Inteligência, de Oficial Técnico de Inteligência e de Agente de Inteligência. Os salários variam entre R$ 6.302,23 e R$ 16.620,46, dependendo do cargo a se candidatar. As lotações serão feitas todas em Brasília.
Para o cargo de Oficial de Inteligência e Oficial Técnico de Inteligência, o candidato precisa ter nível Superior. Já para Agente de Inteligência, basta que o candidato tenha Nível Médio.
Principais datas do Concurso Abin: Inscrição: 09/01 a 30/01
Taxas  Oficial – R$ 230,00; Oficial Técnico – R$ 210,00; Agente – R$ 190,00;
Pagamento da taxa: até 01/02
Data da prova: 11 de março
As vagas do concurso Abin  Conforme já havia sido divulgado pela Abin, serão 300 vagas, sendo 220 para o cargo de Oficial de Inteligência, 60 para o cargo de Oficial Técnico de Inteligência e 20 para Agentes de Inteligência.
Remuneração dos cargos  
Oficial de Inteligência – nível superior
Inicial de R$ 16.620,46 podendo chegar a R$ 23.595,39
Oficial Técnico de Inteligência – nível superior
Inicial de R$ 15.312,74 podendo chegar a R$ 21.233,48
Para o cargo e Oficial Técnico, as áreas contempladas são para quem é formado em:
Administração, Economia ou Contábeis
Direito
Psicologia
Pedagogia
Engenharia Civil
Engenharia Elétrica ou Eletrônica
Matemática
Tecnologia da Informação
Arquivologia
Agente de Inteligência – nível médio
Inicial de R$ 6.302,23 podendo chegar a R$ 10.830,39
Sobre os cargos
Oficial Técnico de Inteligência tem missão na ABIN de planejar, executar, coordenar, supervisionar e controlar as atividades de gestão técnico-administrativas, suporte e apoio logístico: produção de conhecimentos de inteligência; ações de salvaguarda de assuntos sensíveis; operações de inteligência; atividades de pesquisa e desenvolvimento científico ou tecnológico, direcionadas à obtenção e análise de dados e à segurança da informação; entre outras tarefas.
A jornada de trabalho é de 40 horas semanais. Para concorrer será necessário o cargo de nível superior exige formação em administração; administração ou economia; arquitetura; arquivologia; ciências contábeis; comunicação social – jornalismo; comunicação social – publicidade e propaganda; estatística; tecnologia da informação; direito; educação física; engenharia civil; engenharia elétrica; pedagogia; psicologia e serviço social.
Agente de Inteligência terá que oferecer suporte especializado às atividades decorrentes das atribuições do Oficial de Inteligência. A jornada é de 40 horas semanais.Para concorrer ao cargo será necessário certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou de curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e possuir carteira nacional de habilitação, categoria “B”, no mínimo
Oficial de Inteligência tem papel de planejar, executar, coordenar, supervisionar e controlar a produção de conhecimentos de inteligência; as ações de salvaguarda de assuntos sensíveis; as operações de inteligência; as atividades de pesquisa e desenvolvimento científico ou tecnológico direcionadas à obtenção e análise de dados e à segurança da informação, entre outras atribuições. A jornada de trabalho chega a 40 horas semanais.
O requisito do cargo é diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de ensino superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), além de carteira nacional de habilitação, categoria “B”, no mínimo.