BALANÇO

Secretaria de Saúde de Wenceslau Braz divulga números de 2017

22 FEV 2018 • Por Da Assessoria • 20h52
Secretaria de Saúde diminuiu drasticamente fila de exames e aumentou o número de atendimentos em 2017 - ASSESSORIA

A secretaria municipal de Saúde de Wenceslau Braz divulgou os números referentes aos atendimentos realizados pela pasta durante o ano de 2017. As estatísticas, muito expressivas, mostram o avanço do setor no comparativo com anos anteriores, apesar das dificuldades enfrentadas pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em todo o Brasil.

Apenas nos seis postos de saúde espalhados pelos bairros do município foram exatamente 37.948 atendimentos médicos durante todo o ano passado. Esses números dizem respeito à atenção básica e não computam outros procedimentos além de consultas.

Como o município conta com pouco menos de 20 mil habitantes, é como se cada um dos cidadãos de Wenceslau Braz tivesse passado pelos postos de saúde praticamente duas vezes durante o ano passado.

Por se tratar de atenção básica, muitos dos casos são resolvidos sem a necessidade de encaminhamentos, enquanto outros precisam de exames e consultas com especialistas. Nesse quesito o volume também é grande.

Muitos dos encaminhamentos para especialistas foram para o próprio posto de saúde central. Ali foram realizadas 2.107 consultas de ortopedia, 220 de urologia, 496 de ginecologia e obstetrícia, 280 de psiquiatria e outras 336 de cardiologia.

Além das consultas, no posto central também foram realizados 746 ultrassons de ginecologia e obstetrícia e outros 219 ultrassons com pedidos de diferentes especialidades.

Em 2017 o município também teve convênio com instituições de Ibaiti, onde foram realizados mais 382 ultrassons e 162 tomografias.

Outro convênio que a prefeitura mantém é com um laboratório de Wenceslau Braz. Ali, durante o ano passado, foram realizados 5.380 exames laboratoriais diversos.

Para que a população tenha o mais número possível de possibilidades dentro das limitações do SUS, o município conta ainda com convênios em Curitiba, Londrina e Jacarezinho. Somando os atendimentos nesses três municípios foram mais 2.480 consultas eletivas e 2.042 exames médicos.

 

HOSPITAIS

Atualmente Wenceslau Braz também tem convênios com o Hospital do Rocio, em Campo Largo, e o Hospital São Sebastião, no próprio município.

No Hospital do Rocio foram realizados 952 atendimentos entre internamentos, consultas eletivas e serviço de pronto socorro, além de 153 tomografias, 87 consultas de oftalmologia e 182 de cardiologia.

Já no Hospital São Sebastião, que pelo convênio com o município atende urgência e emergência 24 horas, foram realizados em 2017 o total de 28637 atendimentos.

EXAMES

Somando todos os exames, de todos os tipos e realizados em todos os convênios, o número mais uma vez impressiona. Através da prefeitura de Wenceslau Braz foram 9.084 exames em 2017.

PREFEITO AVALIA

Para o prefeito de Wenceslau Braz, Paulo Leonar (PDT), os números mostram uma evolução do município no quesito saúde. “Sabemos que ainda temos um longo caminho a percorrer, muito que melhorar, mas os números estão aí para quem quiser ver. Assumimos com um hospital prestes a fechar as portas e abandonado pelo município, com uma fila de exames com casos de até dois anos de espera, com uma estrutura sucateada e atrasada. Em um ano conseguimos diminuir drasticamente a fila de exames, modernizar muitos dos quesitos e o principal, manter nosso hospital de portas abertas”, pontua.

“Todos sabem que o SUS é deficitário no Brasil inteiro. Mas não é por isso que vamos cruzar os braços e deixar a população sofrer. Sabemos das nossas dificuldades, sabemos que temos pontos deficitários, mas a evolução em um ano é enorme. Tenho certeza que a partir do momento em que tivemos um centro cirúrgico novamente nossa saúde dará um salto de qualidade”, completa o prefeito.