ANDIRÁ

Frente Parlamentar debate estratégias para prevenir drogas

Palestrante apresentou algumas experiências bem sucedidas nessa área colocadas em prática por outros municípios

7 MAR 2018 • Por Da Assessoria • 19h20
Advogado e especialista no tema, Carlos Augusto Weber, apresentou experiências bem sucedidas na área - Divulgação

A Frente Parlamentar de Políticas Sobre Drogas da Assembleia Legislativa, coordenada pelo deputado estadual Alexandre Guimarães (PSC), realizou na terça-feira (6), no Cine Teatro São Carlos, em Andirá, um encontro para discutir a criação de estratégias de prevenção ao uso de entorpecentes, principalmente entre crianças, adolescentes e jovens. O encontro foi coordenado pelo advogado e especialista no tema, Carlos Augusto Weber, que apresentou algumas das experiências bem sucedidas implantadas nesta área e falou diretamente com um público diverso, entre profissionais de secretarias municipais, representantes de instituições sociais e estudantes de escolas da cidade.

Segundo ele o objetivo foi compartilhar ideias e projetos que já deram certo em Campo Largo, cidade onde atuou desenvolvendo ações neste norte. “Nós viemos aqui para dividir as nossas experiências, disponibilizá-las para todos os municípios, fazendo com que Andirá também tenha a oportunidade de fazer algo importante em todos os eixos que envolvem a problemática das drogas”, declarou Carlos Weber. Ele anunciou a disponibilização de um curso de capacitação voltado apenas para profissionais da área da educação, com foco em desenvolvimento de projetos pedagógicos.

Uma das prioridades da Frente,  segundo informou, é levar o tema do perigo do consumo de drogas às escolas municipais e  estaduais, mesmo sem criar uma disciplina específica para este fim. Para ele, a ideia não é criar uma nova matéria, mas inserir o tema na grade curricular existente”, explicou. Profissionais da área da Saúde, Conselho Tutelar, manifestaram-se durante o encontro, destacando a importância do tema e a necessidade de seriedade nos debates, para fomento de estratégias de combate. A Secretária Municipal de Educação, professora Laudicéa Mello Pereira, expressou que o município está de portas abertas para a colaboração de projetos que intensifiquem as atividades relacionadas. O secretário de Cultura, Tiago Dedoné destacou os projetos realizados pela secretaria como, por exemplo, a Escola de Comunicação e Artes, criada o ano passado, e que tem como objetivo, além de democratizar acesso a cultura, também proporcionar ações de prevenção e intervenção social por meio das artes. Francieli Munhão Martins, secretária dos Conselhos da Assistência Social, expressou contentamento com o debate e disse que o município já se organiza , desde o ano passado, com a criação do Conselho de Combate ao Álcool e Drogas. Várias secretarias estão inseridas no fomentos de estratégias. O palestrante parabenizou Andirá por estar, segundo ele, bastante avançado nos enfrentamentos.