Santo Antônio da Platina / PR33º21º20 de Fevereiro de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 11/01/2018

Edição ImpressaEdição 3514

Ler Jornal
EXCLUSIVO

‘Cenoura’, foragido de Santo Antônio, é preso em Cambé

Indicado por duplo homicídio, Michel Patrick Sanches fugiu de cerco policial e fez família refém na tarde desta sexta-feira

Comentar
Compartilhar
26 JAN 2018Por Da Redação20h50
PM apreendeu pistolas, coletes balísticos, rádio de comunicação, maconha e crack com os suspeitosFoto: Divulgação / PM

Michel Patrick Sanches, o ‘Cenoura’, indiciado como autor do duplo homicídio registrado no dia 6 de janeiro do ano passado em um bar Jardim Santo André, em Santo Antônio da Platina, foi preso pela Polícia Militar na tarde desta sexta-feira (26), no bairro Monte Castelo, em Cambé.

De acordo com a PM, após denúncias sobre o endereço onde estaria escondida uma caminhonete Toyota Hilux tomada de assalto em Figueira, e de que no local havia foragidos da Justiça, uma operação foi deflagrada para checar a informação.

As equipes foram até a residência na rua Vaticano, onde por volta das 14 horas encontraram o veículo. Ao perceberem a presença dos policiais, Sanches e outro suspeito identificado como Alexsandro Pereira dos Santos tentaram fugir pelos fundos da casa, porém estavam cercados.

Santos, logo se entrou à polícia. Sanches, no entanto, invadiu uma casa onde fez a moradora e uma criança reféns. Ele se manteve trancado em um dos quartos do imóvel com as vítimas, porém, após negociações com a PM também acabou se entregando.

Na casa onde os suspeitos estavam os policiais localizaram duas pistolas calibres 765 e 9mm, dois coletes balísticos, um rádio de comunicação, maconha e crack.

Durante a abordagem, Sanches e Santos (ambos foragidos da Justiça) apresentaram identidades falsas.

A dupla foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil de Cambé, onde foi indiciada pelos crimes de receptação, drogas para consumo pessoal, posse ilegal de arma de fogo, acessórios e munição, falsidade ideológica, sequestro e cárcere privado.

DUPLO HOMICÍDIO

De acordo com as investigações, na noite do dia 6 de janeiro de 2017, Patrick Michel Sanches, o ‘Cenoura’, e Moacir Vivan Júnior executaram o eletricista Aguinaldo Leite, conhecido por ‘Balaieiro’, e o mecânico André Cirilo. O crime ocorreu em um bar na rua Deputado Benedito Lúcio Machado, no Jardim Santo André, e também deixou outras duas pessoas feridas, entre elas uma criança de 10 anos.

A motivação para a execução seria um suposto acerto de contas entre Leite e Vivan na disputa por pontos de tráfico de drogas na cidade. Na semana anterior ao crime, os dois teriam trocado ameaças de morte. O mecânico André Cirilo não teria envolvimento no caso.

Vivan chegou a ser preso pelo crime de extorsão, mas dias depois ele fugiu da Cadeia Pública de Santo Antônio da Platina. Sanches estava foragido desde o dia do duplo homicídio e era procurado pela polícia.

 

 

 

 

 

Blogs

Ver Todos os Blogs