Santo Antônio da Platina / PR33º21º21 de Setembro de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 17/09/2018

Edição ImpressaEdição 3683

Ler Jornal
SEM FRONTEIRAS

Dupla acusada de roubos de celulares em Ourinhos é presa em Jacarezinho

Comentar
Compartilhar
28 NOV 2017Por Portaljnn.com com colaboração de Renata Tiburcio20h16
Movimentação de policiais paulistas em JacarezinhoFoto: Jivago França

Uma dupla foi presa pelas equipes da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) da Polícia Civil de Ourinhos na manhã de terça-feira (28) em Jacarezinho. Os dois são acusados de serem os autores de pelo menos 12 roubos de celulares que aconteceram nos últimos dias na cidade paulista.

 As equipes da Polícia Civil de Ourinhos investigaram os casos e monitoraram as ações dos suspeitos. Terça-feira, 28, de posse de mandato de busca, a polícia conseguiu prender os dois homens em Jacarezinho. Eles foram encaminhados para a delegacia de Ourinhos, onde os crimes estavam ocorrendo.

Os donos dos celulares roubados foram chamados para esclarecimentos. "Todos estão sendo ouvidos, não tem como negar, pois os aparelhos foram com os suspeitos e agora, no final do inquérito policial, é que vamos fazer a analise do dolo (culpa) ou inexistência de culpa", disse o delegado João Beffa.

Dois delegados de Ourinhos e um grande número de policiais civis paulistas participaram da ação em Jacarezinho.

 Segundo o delegado João Beffa, a dupla confessou ter cometido pelo menos nove crimes. A arma, um simulacro e a moto utilizada nos roubos foram apreendidos. Ainda segundo o delegado, os dois devem ser liberados após serem ouvidos pelas equipes policiais, mas pode ocorrer o pedido de prisão preventiva após o fim do inquérito policial.

"Nós temos não só temos a confissão deles, mas também os aparelhos apreendidos", disse o delegado.

Último roubo

Na noite desta segunda-feira (27), uma mulher com seu filho foi vítima da dupla em Ourinhos, onde os acusados teriam até colocado o simulacro na cabeça da criança para que a mãe entregasse o celular. Roupas usadas nos crimes também foram apreendidas pela polícia. Segundo o delgado, os celulares, após roubados, eram vendidos para lojas e pessoas da cidade. Somente os roubados nesta segunda-feira (27) não foram vendidos, pois os criminosos não tiveram tempo.

Blogs

Ver Todos os Blogs