Santo Antônio da Platina / PR33º21º22 de Junho de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 21/06/2018

Edição ImpressaEdição 3623

Ler Jornal
ARAPOTI

Incêndio que destruiu a Casa da Cultura pode ter sido criminoso

Comentar
Compartilhar
22 NOV 2017Por Agência Criativa19h33

Desfecho de uma tragédia anunciada, aconteceu na noite de terça-feira (21), com um incêndio que destruiu a Casa da Cultura de Arapoti. A estrutura de madeira, onde funcionou uma estação ferroviária - marco histórico da criação do município – foi construída em 1912 e estava interditada havia três anos por causa de cupins. Por volta das 19h, o Corpo de Bombeiros Comunitário foi acionado, porém precisou da ajuda do Corpo de Bombeiros de Jaguariaíva, que tentaram  combater as chamas, mas não foi possível salver o imóvel de madeira.

Vândalos e usuários de drogas vinham utilizando o local e já haviam ateado fogo em vagões antigos carregados com dormentes e de passageiros que estavam parados na antiga estação. Eles estão na linha da investigação da polícia, já que o sistema elétrico do prédio estava desativado.

Incêndio destruiu Casa da Cultura de Arapoti, polícia investiga (Agência Criativa)

Uma máquina de projeção de filmes da década de 40 foi consumida pelo fogo, possivelmente do cinema que funcionava na Fábrica de Papel nas décadas de 1950 e 60 . O restante do acervo guardado no local já havia sido retirado. A restauração da Casa da Cultura  havia sido solicitada ao Ministério da Cultura e ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPAHN). O custo da reforma deve ficar próximo de R$ 1 milhão.

A secretária de Educação e Cultura, Rosi Rogenski Ferreira, afirmou  que solicitou a perícia e o laudo do corpo de bombeiros para apurar as causas do incêndio. “Perdemos um importante marco histórico da criação do nosso município: a estação de Cachoeirinha. infelizmente já é coisa do passado, o que deixa a comunidade arapotiense muito triste, é uma perda irreparável”, concluiu.

Unimed Vacinação

Blogs

Ver Todos os Blogs