Santo Antônio da Platina / PR33º21º23 de Outubro de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 22/10/2018

Edição ImpressaEdição 3706

Ler Jornal
Caso Jennifer

Polícia Civil cumpre buscas e aprofunda as investigações

Comentar
Compartilhar
15 MAI 2018Por Da Redação com Assessoria13h01
Mandados de busca e apreensão foram cumpridos simultaneamente em Santo Antônio e São Jerônimo da SerraFoto: Divulgação/Policia Civil

A Polícia Civil de Santo Antônio da Platina realizou operação de cumprimento de mandados de busca e apreensão na manhã desta terça-feira (15). O objetivo da operação, liderada pelo delegado Tristão Antônio Borborema de Carvalho, era angariar mais acervo probatório para aprofundar as investigações direcionadas a apurar a tentativa de homicídio contra a empresária Jennifer de Freitas Vieira ocorrida no dia 12 de abril deste ano.

 

Na ocasião, um homem descrito como calvo, com barba e gordo abriu fogo contra a empresária. Após ser ferida, a empresária foi socorrida e medicada, recebendo alta médica.

 

No curso das investigações, a polícia civil cumpriu mandados de prisão temporária de um empresário suspeito de ser o autor intelectual do crime. Ainda foram cumpridas buscas em sua residência e empresa, mas a polícia ainda não dispõe do resultado da perícia. O empresário permaneceu preso por 13 dias até ser beneficiado por uma liminar deferida pelo Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR).

 

A Polícia Civil platinense solicitou os mandados à Justiça, os quais foram acolhidos pela juíza Maristela Andrade de Carvalho nesta segunda feira (14).

 

A ação teve início às 6 horas, e se concentram nos municípios de Santo Antonio da Platina e São Jerônimo da Serra. As ordens de busca foram cumpridas nas duas cidades de forma simultânea.

 

Em São Jerônimo da Serra, a equipe deparou-se com o pai do empresário investigado como mandante. Foi aprendido arquivo de mídia com fotografias de terceiros. De acordo com o a Polícia Civil, havia fotografia, no material apreendido na sede da propriedade rural, com imagem de pessoa com a descrição fornecida por testemunhas que visualizaram o autor na cena do crime.

 

O delegado Tristão assevera que "estamos tomando todas as cautelas. Ainda haverá o procedimento de reconhecimento fotográfico pelas pessoas já ouvidas no inquérito, e ainda não temos a conclusão". Em Santo Antônio da Platina, no bairro Murakami, os policiais civis cumpriram mandado de busca domiciliar na residência de uma pessoa próxima ao empresário suspeito de ser o mandante do crime. O material recolhido passará por exame pericial e análise do Setor de Inteligência da Polícia Civil de Santo Antônio da Platina.

 

A polícia ainda investiga a operação financeira realizada para aquisição da propriedade rural em São Jerônimo da Serra, objeto de parte das buscas.

 

Blogs

Ver Todos os Blogs