Santo Antônio da Platina / PR33º21º19 de Agosto de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 16/08/2018

Edição ImpressaEdição 3663

Ler Jornal
ELEIÇÕES 2018

Falta de representatividade política enfraquece região

Norte Pioneiro precisa valorizar candidatos locais, a exemplo de Londrina, que repete campanha feira há quatro anos

Comentar
Compartilhar
10 AGO 2018Por Da Redação19h33

“Os de Fora Não nos Representam”. Este é o mote de uma campanha que está sendo desencadeada em Londrina pela segunda vez consecutiva buscando valorizar os candidatos daquela região. Mesma iniciativa é desenvolvida há décadas em outras regiões do Estado, com entidades da sociedade civil fazendo campanhas para que seus eleitores priorizem o voto em candidatos da terra.

Enquanto outras regiões buscam conscientizar seus eleitores a votar em candidatos locais, o Norte Pioneiro continua elegendo políticos sem qualquer identidade com a área de abrangência da Amunorpi (Associação dos Municípios do Norte Pioneiro). São os chamados “paraquedistas”, que aparecem nos momentos de eleições, mas ao assumirem seus cargos nas esferas estadual e federal, priorizam suas origens.

Este é o drama de uma região que nas últimas eleições vem sofrendo esvaziamento político. O Norte Pioneiro, que já teve três deputados federais e quatro estaduais, atualmente conta apenas com o deputado estadual Pedro Lupion, que nesta eleição concorre a federal. Na Câmara Federal a região não tem representante.

Reação em Londrina

Há quatro anos, a Mais Comunicação, empresa do jornalista Claudio Osti (ex-RPC) lançou uma campanha pelo voto em candidatos locais. O argumento é óbvio. A falta de representatividade política efetiva tem prejudicado muito Londrina e região. A ideia foi encampada pelo  Sindimetal Norte do Paraná e a ACIL, que abraçaram a causa na época e agora a Associação Comercial lança na próxima semana uma campanha com a mesma ideia: fortalecer o voto em candidatos locais para que a cidade e região passem a ter representatividade.

Para quem não se lembra, nos anos 90 Londrina chegou a ter 5 deputados federais e até três senadores da cidade. A representatividade política faz toda a diferença no momento de decidir para onde vão os investimentos, explica Osti em um texto publicado no seu blog,  o “Paçoca com Cebola”.

É a mesma ideia que a Tribuna do Vale propõe liderar no Norte Pioneiro, com a participação de outros veículos de comunicação e entidades da sociedade organizada. “Ou reagimos ou continuaremos expectadores do desenvolvimento de outras regiões, amargando o ostracismo político e econômico por falta de lideranças com identidade com a comunidade regional”, observa o ex-vereador e professor Aguinaldo do Carmo, uma das lideranças que há anos vem lutando pela criação de u curso de Medicina na região.

Decepcionado com os últimos acontecimentos na região, o ex-vereador  cita evento político ocorrido na tarde de quinta-feira (09) em que o atual prefeito de Santo Antônio da Platina, Jose da Silva Coelho Neto, o Professor Zezão (PHS), anunciou apoio político à reeleição do deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli (PSB). “Esse deputado tirou a oportunidade de nossa cidade sediar o curso de Medicina da UENP (Universidade Estadual do Norte do Paraná). Levou a faculdade para Cornélio Procópio e o nosso prefeito resolve apoiá-lo nas eleições deste ano. É vergonhoso!”, desabafa.

 

 

Blogs

Ver Todos os Blogs