Santo Antônio da Platina / PR33º21º17 de Janeiro de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 11/01/2018

Edição ImpressaEdição 3514

Ler Jornal
JACAREZINHO

Governador participa da troca de comando do 2º BPM

Tenente-coronel Antônio Carlos de Morais deixa o Norte Pioneiro depois de 20 anos na corporação para assumir Comando Regional em Maringá

Comentar
Compartilhar
12 JAN 2018Por Da Redação22h06
Richa enalteceu Morais: “ele mereceu a promoção, e agora vai atuar no 3º Comando Regional de Maringá” - ( Antônio de Picolli)

O governador Beto Richa (PSDB) esteve em Jacarezinho nesta sexta-feira (12), onde participou da troca de comando do 2º Batalhão de Polícia Militar. Acompanhado por parte de seus secretários e dos deputados estaduais Pedro Lupion (DEM) e Luiz Claudio Ramanelli (PSB), o tucano prestigiou a cerimônia que selou a posse do tenente-coronel José Luiz de Oliveira no comando da corporação no Norte Pioneiro no lugar do até então tenente-coronel Antônio Carlos de Morais, promovido à patente de coronel, e que irá assumir o 3º Comando Regional de Polícia Militar de Maringá.

A solenidade aconteceu no auditório do Sesc/Senac, que ficou lotado para a despedida do oficial. Amigos, parentes e autoridades acompanharam as homenagens ao ‘coronel Morais’ e saudaram o novo comandante do 2º Batalhão.

O governador Beto Richa saudou todos os presentes e disse que fez questão de participar do evento em reconhecimento ao trabalho feito pelo tenente-coronel Antônio Carlos Morais nos quase 20 anos que atuou no Norte Pioneiro, e para prestigiar a chegada do tenente-coronel José Luiz de Oliveira. “Em respeito a essa corporação tenho trabalhado em prol da polícia do Paraná, que arrisca a própria vida para servir a população. Nas minhas duas gestões, fiz a maior contratação de policiais já ocorrida no estado: 11 mil, isso sem falar na entrega de viaturas, armamentos e materiais de proteção individual”, comentou.

O governador também falou sobre a credibilidade do coronel Morais. “Ele mereceu a promoção e agora vai atuar no 3º Comando Regional da PM de Maringá. Essa promoção reflete toda sua capacidade”, disse dando as boas vindas ao tenente-coronel José Luiz, dizendo que o novo comandante vai dar continuidade ao trabalho sério e dedicado de Morais.

Richa ainda falou sobre investimentos que tem feito no Estado. “Apesar das críticas, fiz o ajuste fiscal, que salvou nosso estado da crise nacional que atingiu a maioria dos estados brasileiros. Alguns governadores não estão nem conseguindo pagar os salários dos servidores. Tem estados que não pagaram nem o 13º salário de 2016. Já no Paraná, com o ajuste fiscal, temos conseguido investir nos municípios. É difícil encontrar um prefeito que não tenha tido suas reivindicações atendidas por mim”, salientou.

O prefeito de Jacarezinho, Sérgio Emydio de Morais (DEM), o Dr. Sérgio, também teceu elogios ao coronel Morais, dizendo que ele superou todas as armadilhas que seu trabalho oferece no decorrer do cumprimento da função. “Ele impôs respeito e credibilidade em todo o Norte Pioneiro. Tenho certeza, que o tenente-coronel José Luiz vai seguir seus passos e ainda acrescentar mais”, afirmou.

O democrata também agradeceu a presença do governador Beto Richa e todas as benfeitorias que ele tem proporcionado a Jacarezinho, como os R$ 9 milhões para a construção de um Centro de Especialidades Médicas e a construção da clínica de odontologia da Universidade Estadual do Norte do Estado (UENP). “Considero Beto Richa o maior governador que esse estado já teve, superando, inclusive, seu pai”, elogiou.

O deputado estadual Pedro Lupion (DEM) disse que estava sentindo um misto de alegria e de tristeza naquele momento. De alegria pela promoção de Morais e pela chegada do tenente-coronel José Luiz de Oliveira, e de tristeza pela despedida de um amigo. “Desde quando ele era capitão da 4ª Companhia da Polícia Militar em Santo Antônio da Platina, cultivamos um relacionamento profissional que passou a amizade pessoal. Sempre admirei o Morais pela sua atitude em relação à sua função. Ele não apenas mandava fazer, mas fazia também. Acompanhava as diligências e colocava sua vida em risco”, salientou.

O deputado lembrou, ainda, que a dedicação de Morais ao Norte Pioneiro superou até mesmo suas aspirações profissionais. “Pouca gente sabe, mas Morais já tinha sido convidado para assumir o comando de outro batalhão com promoção para coronel, mas ele recusou. Somente agora aceitou”, contou. Pedro Lupion também enalteceu o novo comandante, tenente-coronel José Luiz. “Ele está à altura de Morais. Tem credibilidade e tem competência. Só peço que todos os ajudem nessa nova etapa”, concluiu.

Para o comandante geral da PM, coronel Maurício Tortato, a passagem de comando é um evento de extrema importância na corporação, tanto que contou até com prestígio do governador.

Segundo o oficial, Morais galgou todas as etapas para chegar à nova função, sendo que as principais delas foram ao Norte Pioneiro. “Temos uma PM forte e um governador comprometido com a segurança pública. Estamos honrados pela promoção de Morais e pela chegada de José Luiz de Oliveira para essa região. Peço a todos os policiais que apoiem e ajudem Oliveira no que for preciso para que ele se adapte rapidamente aos trabalhos na região”, concluiu.

 Morais deixa o Norte Pioneiro depois de 20 anos atuando pela corporação - Antônio de Picolli

 CORONEL MORAIS

Emocionado, o coronel Antônio Carlos Morais deixou de lado a figura de “homem durão” e deixou algumas lágrimas escaparem. Ainda disse que estava perdendo uma aposta. “Eu disse que não ia chorar, mas são 20 anos que estou deixando para trás nesse momento. Nem o mais durão dos homens se contém em uma hora dessas”, disse.

Morais contou que se formou aspirante na turma de 1988.  “Quando me formei, perguntaram onde eu queria trabalhar. Disse que queria ir para Maringá, me enviaram para Wenceslau Braz. De lá para Santo Antônio da Platina onde fiquei 12 anos, e os últimos cinco no comando do Batalhão em Jacarezinho. Vou sentir falta dos companheiros, da camaradagem, independente da patente de cada um. Obrigado a todos que estiveram comigo nessa jornada, meus companheiros de profissão e a minha família”, disse nomeando cada um de seus seis filhos e também os familiares que estavam presentes ao evento.


           

Passagem de comando do 2º BPM lotou o auditório do SESC/SENAC - (Antônio de Picolli)

NOVO COMANDANTE

Natural de Sertaneja (PR), o tenente-coronel José Luiz de Oliveira tem 47 anos e vasta experiência na área de Segurança Pública. Iniciou sua carreira na corporação em 1988, é formado em Filosofia e Direito e já esteve à frente de outros batalhões, em especial o 5º Batalhão, com sede em Londrina, e o 15º Batalhão de Rolândia, onde desempenhou excelentes serviços. 

VISITA À UENP

Após participar da troca de comando da PM, o governador visitou a Clínica Odontológica da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), construída pelo Governo do Estado e que vai abrigar laboratórios, consultórios e demais espaços destinados às aulas práticas do recém-criado curso de odontologia da instituição. Em seguida Richa seguiu para Ribeirão Claro, onde à noite ele participaria de uma sessão solene na Câmara de Vereadores.

Blogs

Ver Todos os Blogs