Santo Antônio da Platina / PR33º21º20 de Novembro de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 19/11/2018

Edição ImpressaEdição 3723

Ler Jornal
JOAQUIM TÁVORA

Mounir lança candidatura em sua cidade natal

Funcionário de carreira da Caixa, que presidiu a Cohapar e Sanepar, agora busca uma vaga na Câmara Federal

Comentar
Compartilhar
14 SET 2018Por Da Redação20h14
Mounir Chaowiche durante o lançamento de sua candidatura em Joaquim TávoraFoto: Divulgação

 

Centenas de pessoas da comunidade lotaram as dependências do Clube União, de Joaquim Távora, para presenciar o lançamento da candidatura a deputado federal de um de seus filhos mais ilustres, Mounir Chaowiche, que, depois de uma vida voltada a várias atividades profissionais, decide agora direcionar seu vasto conhecimento em defesa de sua região e do estado a quem devotou toda sua vida.

Foi um clima de festa e congraçamento, com a presença de toda a família, de amigos e da população local que clama por maior representatividade política do município e Norte Pioneiro. Expressivas lideranças locais, entre as quais o prefeito Gelson Mansur Nassar e vereadores, manifestaram apoio ao candidato, que disputa uma das 30 vagas do Paraná na Câmara federal pelo PSDB. Em Joaquim Távora Mounir faz dobradinha com o deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli, que disputa reeleição pelo PSB.  

Mounir Chaowiche nasceu em Joaquim Távora há 57 anos. Trabalha desde pequeno, conciliando a necessidade de se sustentar e ajudar a família com a busca incessante do conhecimento. Embora, em razão de suas atividades profissionais tenha sido obrigado a sair de sua cidade natal, jamais perdeu a identidade da terra, pois lá ficaram seus parentes, pais, irmãos e outros membros da família.

Ainda muito jovem passou no concurso da Caixa Econômica Federal (CEF), iniciando como escriturário e galgando os mais destacados postos na hierarquia da instituição, chegando a responder pela superintendência da do banco.  

Há mais de trinta anos ocupa cargos importantes no governo do Estado. Foi presidente da Cohab em Curitiba, presidente da Cohapar e presidente da Sanepar. “Com uma atuação voltada ao interior, levamos moradias aos 399 municípios do Estado e saneamento básico a 340. Somente na região da Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi), a Sanepar investiu com obras, ampliações e manutenções mais de R$ 120 milhões. Com projeto já aprovados, temos R$ 200 milhões voltados a essa região”, disse salientando que “em todo o Estado, a Sanepar deixou projetos contratados que giram em torno de R$ 2 bilhões”, assinala. Esse montante representa 50% de toda a verba federal para saneamento no país, observa.

“Somente no que diz respeito a coleta de esgoto, fizemos 70% de todo o Estado e deixamos recursos contratados para 80% de tratamento de esgoto, e 100% de água tratada”, afirmou lembrando que entre os beneficiários, encontra-se o Povoado da Platina, em Santo Antônio da Platina, que durante muitos anos usou água sem tratamento.

“Tratar a água e o esgoto é sinônimo de saúde. Muita gente já morreu por doenças ocasionadas pela contaminação da água e do esgoto correndo a céu aberto. No Brasil, ainda temos 35 milhões de pessoas que vivem sem água tratada. Muito dessa realidade se reflete nos hospitais e Prontos Socorros lotados”, comentou.

Representatividade

Muito mais que eleger-se deputado federal, Mounir Chaowiche defende a união das comunidades do Norte Pioneiro para eleger outros candidatos identificados com a região. “Precisamos de deputados federais que sejam do Norte Pioneiro e que lutem pela região”, assinala.

Para ele, a população do Norte Pioneiro só conseguirá o desenvolvimento tão necessário se tiver representatividade política no governo federal. Chaowiche acredita tanto nessa possibilidade, que admite a que região ganhará ainda mais se eleger dois ou três deputados federais.  “Mas tem que ser gente que tem ligação íntima com a região, que conheça suas carências e que realmente queira trabalhar por ela. Sou natural de Joaquim Távora, tenho minhas raízes aqui. Em todas as funções que já assumi, sempre trabalhei com os olhos voltados a essa terra”, observa.

Planos para a região

Se eleito, Chaowiche pretende voltar seus esforços à infraestrutura do Norte Pioneiro. “Nossa região merece rodovias duplicadas, como a PR-092. É uma rodovia estadual, mas poderemos conseguir recursos federais para melhorias. A BR-153, que passa por tantos dos nossos municípios precisa de atenção especial e mais segurança para os motoristas. A região precisa de um aeroporto, mesmo porque isso ajudaria no desenvolvimento do turismo. Temos locais lindos em Carlópolis e Ribeirão Claro, por exemplo, que recebem gente de todo o País, e que poderiam receber ainda mais se tivesse um aeroporto para facilitar a vida dos turistas”, disse.

O pré-candidato ainda falou no perfil agrícola da região e disse que essa é uma área que precisa ser bem trabalhada. “A agricultura tem sido a salvação do País em tempos de crise e nossa região tem o perfil agropecuário. É preciso ajudar esse setor para que ele garanta emprego e renda dignos à população. A indústria voltada a essa área pode garantir um desenvolvimento bem maior”, comentou lembrando que a região precisa se preparar com cursos técnicos. “Temos pretensões nas áreas de turismo, infraestrutura, indústria da alimentação. Para tudo isso, é preciso pensar também em investir na qualificação profissional”, arrematou.

 

Blogs

Ver Todos os Blogs