Santo Antônio da Platina / PR33º21º19 de Abril de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 12/04/2018

Edição ImpressaEdição 3575

Ler Jornal
SAÚDE

Governo repassa R$ 4,7 milhões para custeio do Samu do Estado

Comentar
Compartilhar
17 ABR 2018Por AEN16h40
Serão mais de R$ 4 milhões para custeioFoto: Divulgação

O Governo do Estado repassa nesta semana R$ 4,7 milhões para o custeio mensal dos 12 Serviços de Atendimento Médico de Urgência (Samu) do Paraná. O secretário estadual da Saúde, Antônio Carlos Nardi assinou nesta segunda-feira (16) a resolução que autoriza o repasse. Os recursos serão transferidos na modalidade fundo a fundo, direto do Fundo Estadual de Saúde aos fundos municipais, sem a necessidade de convênios.

“Cerca de 90% da população do Paraná é atendida por Samus Regionais e nossa intenção é atingir todos os municípios. Para isso, o Governo do Estado ampliou o volume de recursos para custear os serviços e garantir a continuidade do atendimento de urgência em todas as regiões”, disse Nardi, ressaltando que esse é o compromisso da governadora Cida Borghetti.

Os Samus são financiados com recursos federais, estaduais e municipais. O governo federal destina cerca de R$ 48 mil por ambulância UTI móvel, o que equivale a 50% do valor de custeio definido em portaria do Ministério da Saúde. Segundo a portaria, o Paraná deveria aportar 50% desse valor, mas destina três vezes mais aos municípios – R$ 72 mil por UTI móvel, além de custear as cinco bases do aeromédico estadual, que ficam vinculadas aos Samus.

Com os recursos, os serviços podem custear as bases regionais, equipes de médicos e enfermagem, as ambulâncias de suporte avançado (UTIs móveis) e as centrais de regulação de urgência. O custeio das ambulâncias de suporte básico é responsabilidade dos municípios, com apoio do Ministério da Saúde.

 

Blogs

Ver Todos os Blogs