Santo Antônio da Platina / PR33º21º21 de Junho de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 19/06/2018

Edição ImpressaEdição 3621

Ler Jornal
PREMIAÇÃO

Região de Jacarezinho tem 19 unidades de saúde certificadas

Comentar
Compartilhar
20 DEZ 2017Por Da Redação20h02
19 equipes de 12 municípios do Norte Pioneiro foram homenageadas na terça-feira, em JacarezinhoFoto: Marcos Júnior

O Governo do Paraná promoveu na terça-feira (19), em Jacarezinho, mais uma etapa de premiação das unidades de saúde que se destacaram ao longo de 2017. Desta vez, 19 equipes de 12 municípios do Norte Pioneiro foram homenageadas com os selos bronze e prata de qualidade. A iniciativa faz parte de um amplo programa de fortalecimento da atenção primária.

De acordo com o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, este é o momento de valorizar o excelente trabalho desenvolvido pelos profissionais que atuam na ponta do sistema. “Temos que homenagear essas equipes que aceitaram o desafio de buscar melhorias no atendimento à população. O resultado de tudo isso a gente vê nos indicadores de saúde e na qualidade de vida das pessoas”, relatou.

Para obter os selos de qualidade, as unidades de saúde tiveram que aderir ao projeto de tutoria proposto pela Secretaria de Estado da Saúde. A intenção é possibilitar que os profissionais de saúde incorporem em suas rotinas de trabalho os conceitos, diretrizes e linhas-guia estabelecidas pelo Estado através do programa Apsus, de apoio à qualificação da atenção primária.

“Trata-se de um processo de educação permanente, que inicialmente envolveu nove oficinas temáticas e mais de 35 mil profissionais. Com a tutoria, fazemos com que todo esse conhecimento e aprendizado seja posto em prática, em benefício do cidadão”, explica o secretário.

Técnicos da 19ª Regional de Saúde de Jacarezinho foram os responsáveis por prestar toda a consultoria e acompanhar de perto o trabalho das unidades. Após essa fase de adequação, chega o momento da avaliação, onde são verificados mais de 100 itens de qualidade para a concessão de três categorias de selos: bronze, prata e ouro.

Segundo o superintendente de Atenção à Saúde, Juliano Gevaerd, a ideia é padronizar o modelo de atendimento nas unidades, respeitando sempre as características de cada município ou bairro. “Queremos que as pessoas sejam atendidas com a dignidade que merecem, independente do local. Nossa proposta é implantar um modelo focado no cuidado com as pessoas, ofertando uma assistência multiprofissional”, afirmou.

Integração

Para que isso aconteça, é preciso que haja integração entre todos os profissionais que compõem a atenção primária. “É essencial que a equipe atue de maneira conjunta, para que o paciente tenha acesso a um cuidado integral. No caso da gestante, por exemplo, ela pode fazer o pré-natal com o médico e no mesmo dia o acompanhamento odontológico. E é desta forma que queremos trabalhar”, destacou o superintendente.

Outras mudanças simples no dia a dia das unidades de saúde também fazem toda a diferença na satisfação dos usuários. O secretário de Saúde de Cambará, Diego Domingues de Oliveira, explica que medidas como o agendamento de consultas trazem benefícios inestimáveis à população.
“Acabamos com a fila da madrugada. Graças a este sistema de agendamento, as pessoas sabem o horário e o local em que serão atendidos. Isso garante mais conforto às pessoas, que podem se programar melhor para cuidar da saúde”, diz Oliveira.

O secretário de Cambará também ressaltou que o projeto de tutoria é uma das melhores iniciativas do Governo do Estado na área da saúde. “Este processo de qualificação motiva as equipes e promove uma verdadeira transformação na rotina de trabalho. Por isso, gostaria de agradecer ao Estado, mas também aos nossos profissionais que se empenharam para obter mais esta conquista”, afirmou.

 

Blogs

Ver Todos os Blogs