Santo Antônio da Platina / PR33º21º23 de Junho de 2017
Jornal Tribuna do Vale - 23/06/2017

Edição ImpressaEdição 3382

Ler Jornal
IBAITI

Assistência Social promove Semana de Aproximação Familiar

Comentar
Compartilhar
12 JUN 2017Por Da Assessoria18h20

A Secretaria de Assistência Social da prefeitura de Ibaiti promoveu em maio oficinas de Fortalecimento de Vínculo das Famílias através de uma atividade intitulada “Aproximação Familiar”.  O trabalho coordenado pela secretária Fernanda Maia de Souza e com apoio da primeira-dama e presidente do Provopar, Flaviana Fadel de Carvalho, foi executado pelas técnicas do Centro de Referência de Assistência Social-CRAS, Aline Carmelina Moura, assistente social, e Izabella Silva Peres, psicóloga, com a colaboração da pedagoga Odilayne Guadalupe Franco Pedrozo, colocando em prática o serviço de Proteção e Atendimento Integral as Famílias (PAIF), nos Centros de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (Projetos: Piá - Vila Guay - Campinhos e Caji) juntamente com os profissionais dos projetos, orientadores e coordenadores.

Encontro esclareceu famílias sobre a importância de vínculos (Assessoria)

Foram realizadas diversas oficinas, onde os pais participaram juntamente com seus filhos na execução dos trabalhos. As aulas  foram dirigidas pelos orientadores dos projetos, tendo entre as oficinas de reciclagem, horta, culinária, entre outros. Também nestes dias as técnicas do CRAS estiveram conversando com pais e responsáveis das crianças sobre a importância da aproximação familiar, tendo em vista que é na família que a criança obterá sua base emocional/educacional que acompanhará em todas as fases de sua vida.

A psicóloga explica que é de extrema importância ter uma boa qualidade de relacionamento entre a criança e a família, pois o seu desenvolvimento emocional será mais ou menos saudável dependendo da forma como é constituído e mantido este vínculo.

A assistente social trouxe aos pais os índices de crianças e adolescentes envolvidas no mundo do crime, nas drogas e gravidez precoces, ressaltando que a falta do acompanhamento familiar e estabelecimento de um vínculo saudável aumenta a marginalização de crianças e adolescente.

 O trabalho teve como objetivo prevenir diretamente o núcleo familiar, fortalecendo-o em seu papel protetivo.

Blogs

Ver Todos os Blogs