Santo Antônio da Platina / PR33º21º22 de Junho de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 21/06/2018

Edição ImpressaEdição 3623

Ler Jornal
WENCESLAU BRAZ

Município homenageia antigo diretor da guarda mirim

Comentar
Compartilhar
02 OUT 2017Por DA ASSESSORIA18h19

Uma vida de dedicação à comunidade, seja como policial militar, seja como coordenador da guarda mirim – cargo que ocupou por quase uma década. A trajetória de Teófilo de Camargo, ou simplesmente o seu Teófilo, é merecedora de muitas homenagens. Não à toa na semana passada o PM reformado recebeu uma placa alusiva da prefeitura de Wenceslau Braz aos relevantes serviços prestados.

Hoje com 77 anos, seu Teófilo não esconde que a guarda mirim foi o grande ideal de sua vida por muitos anos. Uma dedicação intensa que resultou em um trabalho social de um significado singular para toda uma geração de então jovens brazenses.

A guarda mirim foi um projeto de cunho social e educacional iniciado na década de 80 e que em meados dos anos 90 ainda funcionava, sempre com seu Teófilo no comando. A idéia era dar a jovens de 12 a 17 anos uma ocupação no contra turno escolar e a inserção no mercado de trabalho, uma vez que na época não existiam programas próprios para o trabalho dos jovens e as leis trabalhistas eram diferentes das atuais.

Seu Teófilo recebe placa em reconhecimento aos anos de dedicação ao município (Renata Moura)

Não demorou para o projeto se tornar referência em toda a região e fazer a diferença na vida de centenas de jovens que foram guarda mirins durante este período.

“A gente se emociona de saber que pode colaborar com os jovens da época, que ajudamos a formar bons pais de família, bons cidadãos, porque são pessoas que guardamos um grande carinho e sinto orgulho de todos eles”, afirma seu Teófilo.

“Fico orgulhoso porque de vários que participaram do programa, a gente pode contar apenas uns quatro ou cinco que não tiveram um bom caminho. De resto, foi ótimo. Até hoje sou parado na rua por homens que eu já não reconheço mais, mas que me contam que participaram da guarda mirim e eu fico muito feliz de relembrar e poder conversar”, continua o militar reformado.

A guarda mirim tinha uma série de atividades sociais e, em seu último ano, tinha quase 100 jovens participando. O mais legal, entretanto, é que todos trabalhavam ou no comércio ou na prefeitura, graças ao respeito que a comunidade havia criado por seu Teófilo.

“Graças a Deus quando eu chegava em um comerciante para ver se tinha uma vaga de emprego para algum menino, eu era bem recebido, os comerciantes sabiam que os guarda mirins eram bons funcionários. A gente fazia questão de ensinar como se portar, como tratar as pessoas, como tratar um patrão. Acima de tudo, a gente batia muito na tecla da educação e do respeito, que são fundamentais para qualquer pessoa crescer na vida”, completa seu Teófilo.

EXEMPLO PRÁTICO

Um dos jovens que passou pela guarda mirim é o atual prefeito de Wenceslau Braz, Paulo Leonar (PDT), que deu os primeiros passos no mercado de trabalho ainda sob a batuta de seu Teófilo.

“Eu vejo a guarda mirim dona de um papel fundamental na minha formação e na formação de todos que participaram. Eu tenho uma grande gratidão ao seu Teófilo e a certeza de que se o projeto tivesse tido continuidade hoje nós não teríamos tantos crimes envolvendo adolescentes”, avalia o prefeito de Wenceslau.

Por isso Paulo Leonar reativará a guarda mirim em Wenceslau Braz, com previsão de retorno para o primeiro semestre do ano que vem. O projeto funcionará no Centro Social, que passa por uma ampla reforma para poder sediar o ação social que fará parte da boa formação de centenas de jovens do município.

Unimed Vacinação

Blogs

Ver Todos os Blogs