Santo Antônio da Platina / PR33º21º16 de Agosto de 2018
Jornal Tribuna do Vale - 14/08/2018

Edição ImpressaEdição 3661

Ler Jornal
CULTURA

Primeira Oficiban de Andirá atrai músicos de toda a região

Evento deve se repetir ainda este ano, segundo secretário da Cultura, e também marcou o retorno do ano letivo dos alunos da Banda Musical de Andirá

Comentar
Compartilhar
27 MAR 2018Por Da Assessoria17h30
Integrantes de bandas e fanfarras de vários municípios participaram da OficinaFoto: Divulgação

Realizado no final de semana – dias 24 e 25 – a primeira Oficina de Bandas Marciais, Musicais e Fanfarras de Andirá. A capacitação atraiu músicos que integram Bandas Marciais, Musicais e Fanfarras de vários municípios, além de Andirá, como Cambará, Ibaití, Bandeirantes, Wenceslau Braz, Ribeirão Claro, Ponta Grossa, entre outros. O curso teve como meta apresentar novas técnicas, debater o papel das artes musicais nas comunidades e destacar ações de socialização e integração entre os artistas de várias regiões. A 1ª OFCIBAN, evento promovido pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Comunicação (Seccom), deve ter outra edição ainda este ano, segundo o Secretário de Cultura, Tiago Dedoné.  O encontro também marcou o retorno do período letivo dos alunos da Banda Musical de Andirá.

Durante os dois dias de evento, que aconteceu nas instalações das escolas Ana Nery e Pingo de Gente, os artistas foram divididos em salas, onde realizaram treinamentos teóricos e práticos sob coordenação pedagógica de professores especialistas integrantes da Banda Marcial Marista Pio XII, de Ponta Grossa, uma das maiores e mais premiadas Bandas Marciais do país.  Como foi dividido por área instrumental, cada conjunto de alunos ficou em uma sala diferente durante os dois dias de oficinas recebendo novos conhecimentos e ampliando debates. Para o conteúdo programático dos instrumentos musicais e percussão, destaque para divisão de naipes instrumentais para o estudo: leitura e aprimoramento, postura e exercícios de respiração, leitura de partitura e execução correta nos instrumentos, dinâmica musical sonora.  Já para o Corpo Coreográfico, Baliza e Mor de Comando, destaque para: Garbo e Postura, Marchas, Expressão Facial e seus Momentos, Expressão Corporal, Ritmo musical.

Os professores que ministraram as oficinas foram:  Hycaro Andretti (trompete e Flughorn), Amauri Carvalho (Sax Alto, tenor, Clarinete e Flauta), Maurício Peracetta (Trombone, Tuba e Bombardino), Junior Hummel (Corpo Coreográfico, Baliza e Mor de Comando). Na Percussão, Daniel Cardoso, de Andirá. No domingo, para o encerramento, houve uma apresentação de cada área. Os professores também realizaram uma apresentação que encantou os alunos.

Blogs

Ver Todos os Blogs